06 fevereiro 2006

Pedras Rubras: Lucas 17:10

Passaram 2 anos desde que assumi a responsabilidade da congregação de Pedras Rubras, como adjunto do responsável da congregação da Maia.
No inicio muito a medo, sentindo o peso da responsabilidade, mas onde pude sentir todo o apoio dos fantásticos crentes locais. Aprendi muito! cresci muito!
Estando de saída é tempo de agradecimentos:
Ir José Oliveira pelo apoio e pela liberdade de acção que proporcionou
A cada crente local (sem citar nomes) pelas orações, por saber perdoar os meus erros e inexperiência, pelo incentivo e especialmente pela fidelidade demonstrada, sem cada um deles não seria possivel. Vou sentir muitas saudades deste tempo

Foi pouco tempo, (sentimos isso!) mas foi um tempo recompensador, demonstrado no crescimento da congregação e na fidelidade de cada crente. Muito há ainda para fazer porque a obra de Deus só termina quando estivermos todos com Cristo!

Para vós meus queridos irmãos e para o irmão que me substituir resta-me dizer com Paulo aos Filipenses:
(Filipenses 1:3 a 7) - Dou graças ao meu Deus todas as vezes que me lembro de vós; Fazendo sempre com alegria oração por vós em todas as minhas súplicas; Pela vossa cooperação no evangelho desde o primeiro dia até agora; Como tenho por justo sentir isto de vós todos, porque vos retenho em meu coração, pois todos vós fostes participantes da minha graça, tanto nas minhas prisões como na minha defesa e confirmação do evangelho.

3 comentários:

HuperNikon disse...

Obrigado pelo exemplo de vida e pela atitude. Estamos a orar por vós e pela vossa nova congregação

Vitor Mota disse...

Ego Ipse,

Estou a passar pela mesma experiência de ter novas responsabilidades, inesperadas e acrescidas numa Igreja local. Só mesmo com o poder de Deus podemos avançar para colaborarmos com Ele na Sua obra.
Um abraço
V.

TiTiTa disse...

Um grande obrigado primeiro para Deus e em seguida para ti por todo o trabalho desenvolvido em Pedras-Rubras! bjinhos